quinta-feira, 24 de maio 12:38
assine
Postado:     08:24

Fundação Hospitalar recebe emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil

Share

Na manhã desta segunda-feira (14), a direção da Fundação Hospitalar São Lourenço recebeu, de forma oficial, uma emenda do deputado federal Pedro Uczai (PT) no valor de R$ 100 mil. O repasse foi anunciado no auditório da entidade e contou com a presença de membros da diretoria, representantes de entidades e imprensa.

Lembrando que o deputado não cumpriu a agenda por questões de saúde, Altair Rittes, chefe de gabinete do parlamentar, disse que Uczai é parceiro da entidade hospitalar. Ele lembrou que há algum tempo houve a destinação de outra emenda no valor de R$ 500 mil para compra de equipamentos.

Segundo Rittes, a emenda no valor de R$ 100 mil atende ao pedido das lideranças partidárias locais e dos vereadores do município. “Eles fizeram esse pedido sabendo da necessidade do hospital, da localização estratégica e do serviço que a entidade presta”, disse frisando que, como é uma emenda impositiva, o valor será repassado via Secretaria de Estado da Saúde, mas poderá ser usado para custeio, inclusive para o pagamento da folha, se houver a necessidade.

Questionado sobre os prazos para que este recurso chegue aos caixas da Fundação Hospitalar, Rittes afirma que, a exemplo de anos eleitorais, o governo federal deve antecipar o cronograma para empenhar e pagar antes das eleições. “Mesmo isso não acontecendo, como ela [emenda] é impositiva, o valor vai ser empenhado e pago depois das eleições”.

Para o presidente da Fundação Hospitalar, Valentin Casagrande de Macedo, a emenda é bem vinda, pois dará um fôlego no caixa, já que o montante poderá ser utilizado para o custeio das atividades. “Estávamos pensando em fazer alguma ação entre amigos até o final do ano para poder regularizar as contas, mas com essa emenda a direção fica mais tranquila”, confessa.

Embora existam muitas demandas, Macedo frisa que a direção fará um planejamento para que esse recurso seja investido de forma organizada. Entre os possíveis destinos, o presidente cita, por exemplo, compra de medicamentos e pagamento de folha. “O que eu posso afirmar é que esse montante será muito bem gasto e a destinação terá a sua justificativa”, adianta.

Durante o ato, Macedo agradeceu o empenho do deputado e aproveitou para reivindicar atenção para algumas questões. Entre elas, o andamento do projeto que prevê a reforma e ampliação do pronto atendimento e o pagamento do Incentivo a Adesão a Contratualização (IAC), cujo contrato foi assinado em 2013, mas a entidade não recebeu nada de recursos.

 

Informações e Foto: Fundação Hospitalar

Área para Assinantes

Por favor, logue no site.